domingo, 9 de maio de 2010

Review DVD+CD: Pet Shop Boys - Pandemonium, The 02 Arena, London

Os Pet Shop Boys foram um dos grupos dos anos 80 que eu assistia de longe sem muito interesse. Talvez o fator principal seja pelo fato de conhecer a dupla inglesa nos anos 90, época em que o grupo lançava o álbum 'Very', que fez bastante sucesso. Porém eu tinha 12 ou 13 anos e música pop para mim restringia-se a Michael Jackson, de resto eram apenas bandas de metal e ídolos como o Nirvana. Mas os anos foram passando, meus gostos musicais mudaram consideravelmente. Graças a coletâneas pude prestar mais atenção na banda. Hoje eu posso dizer que sou um fã do PSB, um dos mais influentes dos anos 80 que enfileirou sucessos com suas músicas dançantes para não deixar ninguém entediado nas pistas de dança.


 Sempre atualizando suas canções, mas jamais fugindo de sua identidade, algo que foi inevitável em alguns artistas desse período. Para quem ainda não está inteirado, o grupo é formado por: Neil Tennant (Vocais) e Chris Lowe (Teclados). Se o sucesso dos PSB foi grande nos anos 80, nos 90, Neil e Chris passaram por altos e baixos, mas continuaram firmes e fortes arrastando fãs em todos os cantos do mundo com seus grandes shows. Ano passado, depois de alguns álbuns bons, o PSB lançou o excelente  'Yes', elogiado por crítica e público e pela quinta vez fizeram shows vitoriosos no Brasil com a chamada 'Pandemonium Tour', que dá nome ao recém-lançado CD+DVD. A julgar pelo que vi no DVD, os Pet Shop Boys continuam sendo um grande nome na música Pop mundial. Está tudo aqui como manda o figurino: dançarinos, cenários coloridos com um muro onde são projetados imagens diversas e é claro, o repertório enxuto do grupo.

O show traz músicas que vão dos tempos do álbum 'Please' até o mencionado 'Yes. Prepare-se para arrastar seus móveis para o lado e deixar se levar por hinos como: "It's a sin", "West end girls", "Suburbia" ou também relembrar o que de melhor a dupla fez nos anos 90 como: "Go West (releitura de uma música do Village People) ,"New York city boy" e baladas emocionantes como: "Do i have to", "Jealousy" e "What i have done to deserve this?" com o dueto da falecida cantora Dusty Springfield (sua imagem aparece no telão). O que mais me chamou a atenção no PSB foi a maneira como a dupla revitalizou seus grandes sucessos, podemos ver elementos de música brasileira nas percussões e até mesmo um simpático 'Brasil sil sil sil' antes de 'Suburbia'. Em 'Se a vida é' o namoro com o Brasil prevalece nas batidas e no refrão é claro. 'Go West', cuja a versão de 'Very' já é bastante pomposa, ganhou um reforço a mais nos batuques feitos pelo tecladista Chris Lowe.

Falando em Chris, todos os fãs já sabem que o cara além de poucas palavras, no palco mantém sua postura sisuda, de poucos movimentos e no máximo algum esboço de sorriso, mas Lowe até surpreende com os passinhos de dança ao lado dos dançarinos em 'Why don't we live together ?", mas é tão discreto que quando damos conta, ela já está lá todo quietão com seu óculos espelhados e seu casaco idem fazendo o seu som. A dupla nunca se destacou pela sua performance, o próprio Neil Tennant canta parado boa parte do show, mas é inegável o esforço do cara para agradar, e conseguiu, apesar de pouca interação com a platéia. Mas cá pra nós, num show onde vamos cantar e dançar, você gostaria de ouvir um discurso? Eu não gostaria, então sem xurumelas, o PSB executa com rigor cirurgico tudo que é de melhor em seu repertório e torna mais consistentes as canções de 'Yes'. Um show que deverá arrebatar novos admiradores.

Claro que tem algumas críticas que valem citar. Ainda não assisti os outros DVD's do PSB, mas como esse foi o primeiro que tive a alegria de ver e ouvir, senti falta de 'Domino Dancing', que aqui aparece apenas num medley, juntamente com 'Viva la vida' do Coldplay com um Tennent vestido de rei com direito a coroa e tudo. Domino Dancing foi a primeira música do PSB que eu ouvi, eu deveria ter uns 6 ou 7 anos e sequer sabia que era do grupo, depois dos anos veio aquela surpresa. A outra crítica foi a ausência da melhor faixa de 'Yes' na minha opinião: "More than a dream", quem sabe da próxima eles atendam o meu pedido. A falta de legendas também é algo que incomoda um pouco, mas dessa vez não posso reclamar da ausência de extras.

Aqui eles aparecem e agradam. Temos uma perfomance no Brit Awards de 2009, onde Neil e Chris fizeram um medley com canções antigas e novas com participações de Lady Ga ga e Brandon Flowers (The Killers). Tem também os clipes de: "Did you see me coming?", "Love Etc." e "All over the world". É possível também conferir as músicas 'My girl' e a natalina 'If doesn't often snow at Christmas' que foram extraídas dos show do DVD no O2 Arena em Londres e são bem irregulares.Já ia me esquecendo do CD. Também agrada para aqueles que não tem muita paciência de assistir a um show completo no DVD e prefere ouvir música no carro. Como manda a regra, o CD traz o show homônimo com algumas músicas a menos, mas os principais sucessos estão todos lá e também merece ser ouvido.

Para quem ficou interessado, a versão nacional da 'Pandemonium ' já está nas lojas com o preço R$ 44,00.

 







Veja o trailer do DVD;




Um comentário:

José Carlos disse...

Pois é Sr. Renato; eu que tenho 34, sempre fui um admirador dessa dupla. Na pré adolescência, quando comecei a me interessar por música, eles estavam no alge, com o album Introspective, lembro bem que, um ano antes eu ficava fascinado com a versão extended de "Always no my mind" que tocava sem parar numa rádio de Joinville (eu moro em SFS). Foram uma verdadeira febre. Depois de Very, desanimei um pouco, tempos depois comprei quase todos os álbuns e minha vontade de apreciá-los foi revigorada. Continuo caçando os singles lançados nos 80's, já tenho alguns. Abraços, José Carlos
jc_sfs@yahoo.com.br

Seguidores

Ocean of noise: A cultura pop mim

Ocean of Noise

Minha foto
Florianópolis, Santa Catarina, Brazil
Renato Cunha 28 anos Propósito do blog: Mais um veículo dedicado ao mundo pop. Com minhas próprias palavras colocarei o que penso sobre a arte em geral. E-mail: renatornc@hotmail.com